RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Stonehymn (Wind Rose)

Stonehymn (Wind Rose)
(2017, Inner Wound Recordings)
(5.3/6)

Em 2015 foram aclamados com o álbum Wardens Of The West Wind e como deram nas vistas, dois anos se passaram e a Inner Wound Recordings aposta neste coletivo italiano para o lançamento de Stonehymn, o terceiro album. O que aqui temos é um cruzamento criativo e bem elaborado de folk metal com symphonic metal e power metal. Como se o metal bárbaro do norte encontrasse os elementos folk dos celtas. O resultado é deveras agradável e coloca os Wind Rose no mesmo campeonato quer dos Wintersun e Korpiklaani (de onde bebem a componente folk), quer dos Turisas (onde vão buscar a sua parte mais prientada para as batalhas épicas e a parte bárbara), quer ainda dos Blind Guardian, onde recuperam a complexidade instrumental e o arrojo vocal (sempre limpo, refira-se) e coral. Um vasto panorama, portanto, que a banda tenta levar a bom porto, embora nem sempre o consiga. E não o consegue porque se nota vontade de fazer muita coisa ao mesmo tempo e o resultado é, por vezes… alguma confusão. Nada que a banda não dê já mostras de ter talento e capacidade suficiente para ultrapassar, limando algumas arestas e deixando transparecer o essencial em detrimento do acessório.  No entanto, não nos interpretem mal: Stonehymn é um grande disco de metal: dois instrumentais sinfónicos em nove temas cheios de atmosferas evocativas que tanto nos transportam para o oeste selvagem, como para a fantasia da Terra Média, sem esquecer batalhas épicas e lutas históricas. Tudo como mandam as regras do género!

Tracklist:
01. Distant Battlefields
02. Dance of Fire
03. Under the Stone
04. To Erebor
05. The Returning Race
06. The Animist
07. The Wolves’ Call
08. Fallen Timbers
09. The Eyes of the Mountain

Line-up:
Francesco Cavalieri - vocais
Claudio Falconcini - guitarras
Federico Meranda - teclados
Daniele Visconti - bateria
Cristiano Bertocchi - baixo

Internet:
Website   
Facebook      
Instagram     

Edição: Inner Wound Recordings     

Comentários