Review: The Cry Of Gaïa (Equinox)


The Cry Of Gaïa (Equinox)
(2018, Mystyk Productions)

Originalmente lançado apenas em formato digital em 2015, The Cry Of Gaïa estava claramente a pedir um nova edição de forma físico. Porquê? Porque este trabalho que os Equinox assinaram é sublime e magistral. Daí que, em boa hora, a Mystyk Productions tenha procedido ao lançamento desta rodela. The Cry Of Gaïa é tudo o que os mais exigentes fãs de metal sinfónico, orquestral, melódico e progressivo podem pedir. Aos Rhapsody Of Fire foram buscar a magnificência do trabalho coral e orquestral; aos Derdian, a beleza das linhas melódicas; aos seus compatriotas Adagio a costela metalizada; aos Symphony X a parte progressiva. Aliás, em termos de exuberância técnica, capacidade criativa e arrojo sinfónico, arriscamo-nos a dizer que The Cry Of Gaïa é o sucessor que a banda de Mike LePond e Cia. nunca conseguiu criar para V – The New Mythology Suite. Empolgante, criterioso e desafiante, este disco traz um conjunto de 12 temas de grande complexidade e beleza e mostra um grupo de virtuosos de enorme capacidade técnica – aliás, só assim é possível transpor para música a quantidade e qualidade das ideias apresentadas. Os seminais Queen não são esquecidos e se a perfeição não é possível melhorar, é, pelo menos, passível de novas interpretações – e é isso que acontece com a soberba cover de The Show Must Go On. Por outro lado, as duas baladas – Amber e I Had A Dream – são qualquer coisa de extraordinário no que diz respeito à beleza e sentimento nelas colocado. De resto, só ouvindo se consegue ter uma noção de todo o manancial de destreza técnica, sumptuosidade orquestral e genialidade coral colocada ao serviço de grandes canções. Soberbo! [96%]

Highlights
Moon And Sun, The Cry Of Gaia, The Show Must Go On, Amber, The End Or Rebirth, I Had A Dream, The Gates Of Universe

Tracklist
1.      Moon And Sun
2.      The Cry Of Gaïa
3.      Time Of The Chosen
4.      A Light In The Chaos
5.      The Show Must Go On
6.      Amber
7.      The Gates Of Universe
8.      In The Eye Of Prophecy
9.      Wings Of Fire
10.  Breath Of Life
11.  The End Or Rebirth
12.  I Had A Dream

Line-Up
Inophis – guitarras
Emmanuel Creis – vocais
Pascal Mulot – baixo
Aurelien Ouzoulias – bateria

Internet
Website    
Facebook   
Twitter   
Facebook   
Youtube    

Edição
Mystyk Productions



Comentários