Review: O Dia Em Que o Mar Voltou (Miguel Gizzas)


Álbum | O Dia Em Que o Mar Voltou
Artista | Miguel Gizzas    
Edição | Independente
Ano | 2018
Origem | Portugal
Género | Classic rock, pop
Highlights | Sangue e Suor, Lisboa dos Amores, De Fado Na Alma, O Dia Em Que o Mar Voltou, Foste Tu
Para fãs de | João Pedro Pais, Anjos, Pedro Abrunhosa, Rui Veloso
Apreciação
De forma arrojada e ambiciosa Miguel Gizzas cria um romance musical. Diz-se que é o primeiro do mundo e deverá ser. A ideia parte de uma nova destruição de Lisboa por um terremoto seguido de tsunami. Cientificamente está provado que pode acontecer. Musicalmente, O Dia Em Que o Mar Voltou mostra um artista perfeitamente consciente do caminho a seguir. Entre pop, rock, fado, e até fusões estranhas, este conjunto de temas que musicam o romance, trazem para a ribalta emoções fortes e intensas. Com boas composições, bons arranjos e boas interpretações esta é mais uma prova da vitalidade e criatividade da atual música nacional. [78%]

Tracklist
1.      Foste Tu (radio edit)
2.      A Tua Cor
3.      Sangue e Suor
4.      Lisboa dos Amores
5.      Nâo Chego a Ti
6.      E o Amor Se Mostrou
7.      Dá-me Algum Futuro
8.      De Fado Na Alma
9.      És Muito Mais
10.  O Dia Em Que o Mar Voltou
11.  Foste Tu
12.  Não Vás
13.  Uma Vida Mais

Line-up
Bruno Duro – piano, teclados, baixo, guitarras
Ricardo Ferreira – guitarras
Paulo Baião – guitarra elétrica em Foste Tu
Henrique Leitão – guitarra portuguesa
Naná Sousa Dias – saxofone
Miguel Gizzas – vocais



Comentários