quinta-feira, 26 de junho de 2014

Review: Harpos Detroit Dec. 11, 1980 (Captain Beefheart & The Magic Band)

Harpos Detroit Dec. 11, 1980 (Captain Beefheart & The Magic Band)
(2014, Gonzo Multimedia)
(3.5/6)

Don Van Vliet (15 de janeiro de 1941-17 de dezembro de 2010) foi um músico, cantor, compositor, artista e poeta norte-americano que ficou conhecido pelo nome de Captain Beefheart. Entre 1965 e 1982, o seu trabalho musical ficou conhecido pelo ensemble de músicos que o acompanhou com o sugestivo nome de Magic Band, com quem gravou 13 álbuns de estúdio. Fica na memória a sua voz poderosa, enrouquecida e a capacidade de tocar harmónica e saxofone bem como outros instrumentos de sopro. Musicalmente, cruzou o rock, o blues e o psicadelismo com um acentuado sentimento avant-garde e uma grande dose de experimentalismo. Ficou também conhecido pelas suas atitudes ditatoriais sobre os seus músicos e pela construção de diversos mitos a respeito da sua vida. Durante a sua estada em Lancaster, Califórnia, estabeleceu relações com o seminal Frank Zappa com quem chegou a cooperar em algumas ocasiões. Como Captain Beefheart começou em 1964 tendo o primeiro line-up da Magic Band surgido em 1965. O primeiro álbum, Safe As Milk, foi lançado em 1967 pela Buddah Records. Van Vliet já foi descrito como um dos músicos mais inovadores da música moderna. No entanto quer em termos comerciais quer em termos de crítica nunca obteve grande sucesso, apesar de manter um estatuo de culto com uma significativa influência em movimentos como o new wave, punk, post-punk, experimental e alternative rock. Resenha histórica feita resta-nos abordar este trabalho que a britânica Gonzo Multimedia publica. Trata-se da gravação de um concerto raro gravado ao vivo no Harpos Concert Theater em Detroit em 1980, durante a tour de promoção do álbum Doc At The Radar Station. Infelizmente, não é fácil a partir deste disco apercebermo-nos de toda a criatividade do coletivo em virtude da má captação sonora do concerto. Há muito ruido, passagens e instrumentos que não são percetíveis o que torna a audição deste álbum uma autêntica confusão. Por isso, este não será o melhor documento histórico para efetivamente se perceber a importância e qualidade de Captain Beefheart e da sua Magic Band.

Tracklist:
1.      Intro
2.      Nowadays A Woman’s Gotta Hit A Man
3.      Abba Zabba
4.      Hot Head
5.      Ashtray Heart
6.      Dirty Blue Gene
7.      Best Batch Yet
8.      Safe As Milk
9.      Dr. Dark
10.  A Carrot Is As Close As A Rabbit Gets To A Diamond
11.  One Red Rose That I Mean
12.  Bat Chain Puller
13.  My Human Gets Me Blues
14.  Sugar & Spikes
15.  Sheriff Of Hong Kong
16.  The Dust Blows Forward, The Dust Blows Back
17.  Kandy Korn
18.  Suction Prints
19.  Big Eyed Beans From Venus

Line-up:
Captain Beefheart – vocais, saxofone
Eric Drew Feldman – baixo, sintetizadores, bandolim, mellotron
Robert Williams – bateria, percussão
Richard Snyder – guitarras
Jeff Tapir White – guitarras
Jeff Moris Tepper – guitarras

Internet:

Edição: Gonzo Multimedia

Sem comentários: