quarta-feira, 9 de julho de 2014

Entrevista: Focus

Veteranos do prog rock, os Focus são a mais importante exportação holandesa neste campo. Entre o sucesso de Focus X e a preparação de Focus 11, Golden Oldies retrata alguns dos imensos momentos de espontânea criatividade do coletivo ao longo da sua brilhante carreira. Thijs van Leer, organista e flautista falou-nos desta experiência numa conversa que, obrigatoriamente visitou o Robocop.

Olá! Obrigado por aceitarem responder a Via Nocturna. Golden Oldies é o vosso novo álbum: quando pensaram em fazer uma coleção dos vossos maiores hits?
Há cerca de um ano atrás, o nosso manager, Martin Darvill, pediu-nos para fazermos uma pausa na preparação do Focus 11, a fim de fazer um Golden Oldies, já que ele achava que os nossos fãs iriam ficar felizes com um produto desse tipo, porque já vinha a ser solicitado por eles há bastante tempo.

Mas sei que tiveram algumas dúvidas a respeito deste trabalho. Agora que o álbum está cá fora, consideram ter sido uma boa ideia?
A minha principal preocupação era a possibilidade da concentração em Focus 11 se poder deteriorar, fazendo Golden Oldies. Mas fizemos isto num estúdio de luxo, descontraídos, propriedade do meu enteado Roeland Jacobs (sim! irmão de Bobby!) e o resultado é, para ser educado, INCRÍVEL!

A fazer grandes temas de prog rock desde os anos 70, não deve ter sido fácil escolher apenas 9 músicas…
Na realidade, gravamos muitas mais músicas. Depois pedimos a Martin Darvill para escolher e ele apresentou este alinhamento. 

Quais foram, então, os critérios utilizados por Martin Darvill?
Os seus critérios foram: 1. Popularidade dos hits Hocus Pocus, Sylvia, House Of The King e... A beleza de outro material, dos quais Focus 3 como seu favorito!

São regravações completamente novas?
Sim, todas as gravações são novas!

O vosso último trabalho de estúdio Focus X já data de 2012. Pelo que já percebi estão a trabalhar em novo material. Para quando um novo álbum de originais dos Focus?
Deverá estar concluído na próxima primavera, incluindo a mistura. Focus 11 vai ser um álbum de grande sucesso! Estamos a trabalhar na mais alta forma de concentração, humor, swing e paixão...

Como receberam a notícia da escolha do tema Hocus Pocus para o filme Robocop?
Essa notícia do Robocop foi uma magnífica surpresa! Há menos de 4 anos, o mesmo tema foi usado integralmente para a genial publicidade da Nike no Campeonato do Mundo de Futebol de 2010 na África do Sul. 130 milhões de pessoas viram o filme no Youtube.

Ainda estão em tournée pela Europa? Como vão as coisas? Portugal não está incluído pois não?
Fizemos uma tournée com enorme sucesso pela Argentina, Chile e Brasil! Menno Gootjes, o guitarrista, Pierre van der Linden, o baterista, Bobby Jacobs, o baixista e eu, organista e flautista somos tratados como grandes estrelas. Eles chamam-nos de Maestros! Depois fizemos uma fantástica tournée na Grã-Bretanha. Nesse entretanto, fiz uma tour maravilhosa em Israel, juntamente com o talentoso pianista Mike Delferro e músicos do top do jazz israelita, para além de um conjunto de shows a solo pela Europa. Este verão iremos para a Finlândia, Itália, Noruega, México, Holanda e Alemanha (tour) e Inglaterra (grande tour).

Obrigado Thijs, queres acrescentar mais alguma coisa?
A banda nunca soou tão forte e romântico: tem um swing como nunca teve antes! 

Sem comentários: